Saúde e bem estar

Muco presente na urina, o que pode ser?

Muco presente na urina, o que pode ser?

Você realizou o exame de urina e lá estava escrito: filamentos de muco na urina? E então, pensou: o que pode ser isso? Indica doença ou é algo comum?

Neste artigo vamos explicar o que pode ser a presença de filamentos de muco na urina. Então, continue lendo este artigo para tirar todas as suas dúvidas.

A presença de filamentos de muco na urina é um fenômeno natural, e muito comum nos exames de urina, mesmo quando não há um problema relacionado. Mas, isso não significa que está tudo bem.

Como é o muco natural?

Se você abriu seu exame e viu “filamentos de muco normais” ou “filamentos de muco raros” e nenhum outro componente apresenta alteração, não se preocupe.

Nossa bexiga e uretra produzem naturalmente esse muco. Os filamentos são, portanto, fragmentos do muco produzido no trato urinário.

O muco viaja pelo trato urinário para ajudar a eliminar os germes invasores e evitar possíveis problemas, como infecções, por exemplo.

Mulheres jovens podem perceber mais muco do que as maduras. Isso porque menstruação, gravidez, anticoncepcionais e ovulação podem tornar o muco mais espesso e mais óbvio.

Nos homens, já é preciso ficar mais atento. Normalmente não se percebe muco na urina e, quando acontece, geralmente é infecção.

Quando devo me preocupar?

Quando os filamentos surgem em excesso, a ponto de serem mencionados no resultado de exame de urina, é um sinal de alerta de que algo pode não estar bem.

Nos casos em que os filamentos de muco ocorrem em excesso e com coloração amarelada, geralmente é uma condição médica.

O que estamos aqui a dizer, é que quando se verifica, além do muco, a presença de células epiteliais, bactérias, cilindros, cristais ou piócitos, pode significar doença.

Artigos Relacionados

Principais situações em que o exame indica filamentos de muco na urina e você deve se preocupar com isso

Infecção urinária

O muco é produzido para proteger a parede interna da uretra e da bexiga e quando há uma infecção o organismo passa a produzir mais muco para proteger ainda mais as estruturas.

As infecções transmitidas através do contato íntimo também provocam um aumento significativo na produção de muco, principalmente nos homens.

Síndrome do intestino irritável

Da mesma forma que na infecção urinária, essa produção excessiva de filamentos de muco é uma maneira de proteger o organismo.

Em algumas pessoas, a síndrome do intestino irritável pode levar à produção de um muco espesso no trato digestivo.

Esse muco pode deixar seu corpo durante um movimento intestinal e contaminar a sua urina no momento da coleta, dando a impressão de que veio do trato urinário.

Neste caso, fique atento se vem tendo sintomas como: diarreia constante, gases intestinais, barriga inchada e prisão de ventre.

Colite ulcerativa

A colite ulcerativa, um distúrbio do trato digestivo também leva a produção de muco intestinal em excesso.

Durante os movimentos intestinais, esse muco pode deixar o corpo e se misturar com a urina no momento da coleta para exame.

Cálculos renais ou pedra nos rins

Você também pode estar com cálculos renais ou pedra nos rins, que são depósitos de minerais e sais que se formam no rim.

Se as pedras permanecerem nos rins não causarão nenhum sintoma. Mas, quando saem de lá e entram no trato urinário, podem provocar a formação de muco na urina.

Presença de hemácias ou leucócitos na urina durante a gestação

Se durante a gestação, receber um resultado do exame de urina e vir escrito “presença de filamentos de muco”, não há motivos para preocupação.

A gestação provoca mudanças profundas em todo organismo da mãe e muitas alterações podem surgir nos exames.

Mas, fique atenta: além dos filamentos de muco, observe se há presença de hemácias na urina, ou se há leucócitos na urina.

Nota final

Seja você gestante, idoso, criança, homem ou mulher, se você notar excesso de muco na sua urina, ou fizer um exame de urina e constatar sua presença, é bom que o médico avalie as outras variáveis.

Leia também:

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!