ComportamentoSaúde e bem estar

Tomar muita água faz mal?

Você também já ouviu a velha recomendação de que deve beber muita água por dia? Se sim, saiba que isso não é saudável. Embora beber água seja uma recomendação até de médicos e especialistas, o seu consumo em excesso pode trazer algumas complicações a saúde do paciente. Saiba mais nesse artigo sobre as razões pelas quais você não deve tomar muita água diariamente.

Tomar muita água faz mal?

Tomar muita água faz mal?

Quando falamos em beber muita água estamos nos referindo em consumir água em excesso. E sim, realmente essa prática pode fazer mal ao nosso organismo. A ingestão excessiva de água pode levar a um quadro de hiponatremia, ou seja, a descida da concentração de sódio no sangue.

De qualquer forma, o risco de sofrer de hiponatremia é baixo e, na maioria dos casos, a condição pode ser tratada e, desta forma, as situações perigosas são facilmente evitadas.

Além disso, a ingestão excessiva de água pode levar, em situações muito graves, à intoxicação por água.  O paciente com essa intoxicação pode apresentar sintomas como:

  • Dores de cabeça;
  • Cólicas;
  • Fadiga
  • Náusea;
  • Vômitos;
  • Desorientação mental (Confusão mental) e até parada cardíaca.

A ingestão excessiva de água pode também levar a uma sobrecarga renal ou a um edema cerebral.  Contudo, para estas situações extremas ocorrerem uma pessoa saudável precisa de consumir cerca de sete litros em muito pouco tempo.

Para evitar correr riscos é necessário ter em consideração a água presente nos alimentos e também dados pessoais, como: idade, peso, nível de atividade física, clima, função renal e grau de hidratação.

Quanto de água tomar por dia?

Sobre a dose certa, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) a quantidade ideal para o consumo diário de água é de 2,5 litros para um homem de 70 kg e 2,2 litros para uma mulher de 58 kg.

O que a água faz em nosso organismo

A água é um bem precioso como todos sabemos. Entre as suas principais funções em nosso organismo estão:

  • Transporte de nutrientes e detritos celulares, que resultam dos processos metabólicos;
  • Transporte de hormônios, enzimas e células sanguíneas;
  • Lubrifica articulações;
  • Solvente e meio de suspensão. Ajuda a dissolver substâncias, promovem reações químicas etc.;
  • Ajuda no processo de eliminação de toxinas através da urina;
  • Ajuda a regular a temperatura corporal;
  • A água é essencial para todos os processos fisiológicos: digestão, absorção, assimilação e excreção.

Entretanto, é importante respeitar a recomendação médica sobre a quantidade de água a tomar por dia, em casos de dúvidas. Assim, você terá garantia de todos esses benefícios da água no organismo e não correrá riscos de complicações que podem surgir por ingerir água excessivamente.

Como você pode saber se tem consumido água suficiente?

Você pode ficar confuso e se questionar sobre como saber se está a beber água suficiente. Entretanto, uma forma fácil de saber se está a beber o suficiente e verificar o seu grau de hidratação é verificando a cor da urina.

Se você notar que tem uma urina clara, é sinal de que está a beber o suficiente. Já se você notar que sua urina tem uma cor escura ou odor forte, pode não estar a beber água suficiente.

Contudo este valor pode ainda ser mais personalizado pelo seu nutricionista caso, por exemplo, pratique desporto. O nutricionista conseguirá traçar-lhe um plano de hidratação individualizado.

Conclusão

Beber água é saudável, porém, o excesso é desaconselhado, e como vimos, pode fazer mal a nossa saúde. O que você deve fazer diante disso é seguir a orientação da OMS sobre a dose certa de água a ingerir diariamente:

A quantidade ideal para o consumo diário de água é de 2,5 litros para um homem de 70 kg e 2,2 litros para uma mulher de 58 kg. Se você tiver mais dúvidas a respeito, procure ajuda profissional.

Leia também:

error: Content is protected !!

Adblock Detectado

Por favor, ajuda-nos a manter este site, desactivando o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo. Obrigado!