Saúde e bem estar

3 Benefícios do sumo de múcua na gravidez

Você sabe quais os benefícios do sumo de múcua na gravidez? Se falarmos em sumos naturais de frutas, o sumo de múcua é sem dúvidas o mais consumido em Angola. Feito de múcua, água, açúcar e gengibre ou maracujá (por algumas pessoas), a mistura é bastante deliciosa e acarreta consigo inúmeros benefícios para a saúde.

Se você tem acompanhado o blog deve conhecer os principais benefícios da múcua para a saúde das pessoas em geral, mas, e para as mulheres grávidas? quais seriam os benefícios do sumo de múcua?

Veja abaixo 3 dos principais benefícios do sumo de múcua na gravidez:

1. O sumo de múcua contém cálcio

O cálcio é um mineral essencial na gravidez, já que ele é responsável pela formação do esqueleto do bebê, fortalecendo ossos e seus futuros dentes, na contração muscular do feto e na transmissão de impulsos nervosos.

Caso o feto não recebe a quantidade necessária de cálcio para se desenvolver, o mesmo pega o mineral dos ossos e dentes da mãe para suprir suas carências. A falta deste nutriente em uma mulher grávida pode causar cáries, cãibras, unhas quebradiças etc., entretanto, o sumo de múcua possui esse mineral em sua composição.

2. É rico em vitamina C e B6

A ingestão de vitaminas C e B6 é necessária durante a gravidez. A falta de vitamina C pode contribuir para o surgimento de situações indesejadas.

Estudos apontam que a baixa concentração de vitamina no organismo está relacionada a pré-eclampsia, ao rompimento prematuro da bolsa e ao aborto espontâneo. Além disso, pesquisas também já demonstraram que, se a mulher consumir menos vitamina C do que deveria durante a gravidez e no período pós-parto, até a inteligência do bebê pode ser afetada.

Com isso, é possível compreender a importância desse nutriente durante a gravidez. A vitamina C está presente em vários alimentos, mas você pode preferir o sumo de múcua, já que a múcua oferece mais vitamina C do que vários outros alimentos, como a laranja, por exemplo.

Mas é importante que você saiba como consumir essa vitamina durante a gravidez para evitar exageros.

A recomendação de vitamina C durante a gravidez varia, de acordo com as recomendações da organização mundial da saúde, a partir de 19 anos o consumo diário de vitamina C deve ser 85 mg e na amamentação de 120 mg. Mas se for uma gestante com até 18 anos, a recomendação é de 80 mg durante a gestação e 115 mg na gravidez.

Mas essa é apenas uma média. Quantidades maiores que essa não são prejudicais a saúde. Na verdade, para ter um efeito colateral com o consumo de vitamina C, são necessárias quantidades absurdas de alimentos.

Considerando que a múcua é um alimento bastante rico em vitamina C, você deve evitar consumir em grande quantidade outros alimentos também ricos em vitamina C (como: acerola, goiaba, mamão, morango, laranja, limão) ao mesmo tempo.

Artigos Relacionados

Já a vitamina B6 ajuda a reduzir os enjoos e náuseas que são comuns na gravidez. Além disso, esta vitamina também ajuda no desenvolvimento do sistema nervoso do bebê.

3. Contém ferro

Você sabia que a quantidade de sangue do seu corpo aumenta em até 50% durante a gravidez?

É por isso que se torna necessário aumentar a ingestão de ferro para produzir mais hemoglobina (proteína do sangue que ajuda a carregar oxigênio para as células do corpo). Todavia, o ferro também é encontrado no sumo de múcua, que está presente no próprio fruto usado para fazer o sumo. 20 gramas de múcua contém 7% de ferro.

Conclusão

É uma certeza de que o fruto principal usado para fazer o sumo de múcua é rico em benefícios para a saúde e na gravidez.

Contudo, é recomendado consultar um médico para saber o quanto você pode consumir esse sumo enquanto grávida de modo a evitar exageros, já que o sumo contém bastante vitamina C, o que pode ser prejudicial caso seja ingerida em excesso durante a gravidez por meio do consumo em simultâneo do sumo de múcua com vários outros alimentos também ricos em vitamina C.

Leia também:

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!