LifestyleSaúde e bem estar

Exercício físico e cãibra: como evitar e tratar essa dor muscular

A cãibra é uma contração involuntária e dolorosa de um músculo que pode ocorrer durante ou após o exercício físico. Saiba quais são as causas, os sintomas e as formas de prevenção e tratamento dessa condição.

A cãibra é uma dor muscular súbita e intensa que pode durar de alguns segundos a alguns minutos. Ela é causada por uma contração involuntária de um músculo que não consegue relaxar. A cãibra pode afetar qualquer parte do corpo, mas é mais comum nas pernas, especialmente na panturrilha e na parte posterior da coxa.

A cãibra pode ocorrer durante ou após o exercício físico, principalmente quando há fadiga muscular, desidratação, falta de nutrientes ou alterações de temperatura. A cãibra pode ser um sinal de que a saúde não está bem e pode ser sintoma de desequilíbrios eletrolíticos, distúrbios endócrinos ou outras condições.

Como evitar a cãibra durante o exercício físico

Exercício físico e cãibra

Para evitar a cãibra durante o exercício físico, é importante adotar alguns cuidados, como:

  • Aquecer antes do treino: O aquecimento prepara os músculos para o esforço físico, aumentando a circulação sanguínea, a oxigenação e a temperatura muscular. O aquecimento deve ser feito por cerca de 10 minutos, com exercícios leves e específicos para cada parte do corpo.
  • Alongar após o treino: O alongamento ajuda a relaxar os músculos, a eliminar o ácido lático e a prevenir lesões. O alongamento deve ser feito por cerca de 10 minutos, com movimentos suaves e progressivos para cada grupo muscular.
  • Beber água: A hidratação é fundamental para manter o equilíbrio dos fluidos e dos eletrólitos no organismo. A desidratação pode levar à cãibra, pois reduz o volume sanguíneo e dificulta a chegada de oxigênio e nutrientes aos músculos. O ideal é beber pelo menos 2 litros de água por dia, sendo metade antes do treino, um quarto durante o treino e um quarto após o treino.
  • Alimentar-se bem: A alimentação é essencial para fornecer os nutrientes necessários para o funcionamento dos músculos. Alguns nutrientes, como potássio, cálcio e magnésio, são importantes para a contração e o relaxamento muscular. A falta desses nutrientes pode causar cãibra. Por isso, é recomendado consumir alimentos ricos nesses minerais, como banana, abacate, leite, iogurte, queijo, nozes, sementes e vegetais verdes escuros.
  • Evitar esforço excessivo: O esforço excessivo pode causar fadiga muscular, que é uma das principais causas da cãibra. Por isso, é importante respeitar os limites do corpo e não exagerar na intensidade ou na duração do treino. É recomendado fazer pausas entre os exercícios, alternar os grupos musculares trabalhados e variar os tipos de atividade física.

Como tratar a cãibra durante o exercício físico

Quando a cãibra ocorre durante o exercício físico, não se desespere. Existem algumas medidas simples que podem aliviar a dor e ajudar o músculo a relaxar. Veja o que fazer:

  • Parar o exercício: O primeiro passo é interromper o exercício que está causando a cãibra e tentar relaxar o músculo afetado. Não force o músculo contraído, pois isso pode piorar a dor e causar lesão.
  • Massagear o músculo: A massagem pode ajudar a aliviar a tensão e a dor no músculo. Use as mãos ou um rolo de massagem para pressionar e deslizar sobre o músculo afetado, de forma suave e ritmada. A massagem deve ser feita por alguns minutos, até que a cãibra passe.
  • Esticar o músculo: O alongamento pode ajudar a relaxar o músculo e a prevenir novas cãibras. Estique o músculo afetado, mantendo a posição por 10 a 30 segundos, sem fazer movimentos bruscos ou forçados. Repita o alongamento algumas vezes, até sentir alívio.
  • Aplicar calor ou frio: O calor ou o frio podem ajudar a reduzir a dor e a inflamação no músculo. Use uma bolsa térmica ou uma compressa de gelo para aplicar sobre o músculo afetado, por cerca de 15 minutos. Não aplique o calor ou o frio diretamente sobre a pele, pois pode causar queimaduras. Use uma toalha ou um pano para proteger a pele.

Quando procurar um médico

A cãibra durante o exercício físico geralmente não é grave e desaparece com os cuidados mencionados. No entanto, se as cãibras forem muito frequentes, intensas, duradouras ou acompanhadas de outros sintomas, como inchaço, vermelhidão, dormência ou fraqueza muscular, é recomendado procurar um médico para investigar a causa e iniciar o tratamento adequado.

A cãibra pode ser um sinal de outras condições que afetam os músculos, os nervos ou os vasos sanguíneos, como diabetes, doença arterial periférica, doença renal crônica, hipotireoidismo, esclerose múltipla, entre outras. O médico pode solicitar exames de sangue, urina, eletrólitos, glicose e hormônios para avaliar o estado de saúde do paciente. Além disso, pode indicar outros tratamentos, como medicamentos, fisioterapia ou cirurgia.

Conclusão

O exercício físico é uma atividade benéfica para a saúde e o bem-estar das pessoas. No entanto, ele também pode causar cãibra, que é uma dor muscular súbita e intensa que pode atrapalhar o desempenho e o prazer do exercício. A cãibra pode ser evitada com alguns cuidados simples, como aquecer, alongar, hidratar-se e alimentar-se bem.

A cãibra também pode ser tratada com medidas simples, como parar o exercício, massagear, esticar e aplicar calor ou frio no músculo afetado. Se as cãibras forem muito frequentes, intensas, duradouras ou acompanhadas de outros sintomas, é recomendado procurar um médico para investigar a causa e iniciar o tratamento adequado.

Leia também:

Mostrar Mais

Leia Também

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor desative seu bloqueador de anúncios! Usamos anúncios para garantir a manutenção deste blog. Portanto, se você deseja continuar lendo nosso conteúdo de forma gratuita, desative o seu bloqueador de anúncios e atualize a página!