LifestyleSaúde e bem estar

Como fazer higiene íntima com vinagre

Muitas pessoas defendem que fazer higiene íntima com vinagre traz vários benefícios, mas será que isso é verdade? Veja nesse artigo o que especialistas dizem sobre fazer higiene íntima com vinagre e sobre qual é o melhor método para fazer higiene íntima.

Banho de assento com vinagre

O banho de assento consiste na lavagem externa da vagina com água morna e algumas substâncias que equilibram o pH da região íntima e evitam a proliferação de bactérias e fungos que afetam a área.

O vinagre de maçã tem propriedades antissépticas, ajudando a combater os microrganismos causadores da candidíase, e também ajudando a aliviar os sintomas da cistite (infecção e/ou inflamação da bexiga). O vinagre é um grande aliado para promover o reequilíbrio do pH vaginal.

Para preparar o banho, basta misturar meia xícara de vinagre, preferencialmente o de maçã, com água morna em uma bacia e sentar-se sobre ela por 5 minutos. O procedimento deve ser feito 2 ou 3 vezes por dia, de 15 a 20 minutos.

É recomendado fazer higiene íntima com vinagre?

Embora, por um lado se diga muito sobre os benefícios do vinagre na higiene íntima da mulher, por outro, especialistas desaconselham o uso desse produto pata tal fim, explicando que fazer a higiene íntima com vinagre favorece doenças e infecções vaginais.

De acordo com especialistas “o vinagre tem um pH bastante ácido” e “não é indicado para a lavagem íntima porque altera o pH vaginal e o microambiente da vagina”.

Ao utilizar o vinagre para higienizar a vulva (parte externa do órgão genital feminino), você estará promovendo uma mudança na flora vaginal e propiciando o surgimento de infecções vaginais, como a candidíase e a vaginose bacteriana. “Fora o eventual risco de pequenas queimaduras e irritação no local”.

Como fazer higiene íntima corretamente

Especialistas explicam que a maneira ideal de se fazer a higiene íntima é realizar a lavagem da região com água e sabonete, podendo ser feita durante o banho, uma a duas vezes por dia. “Não há necessidade de lavagem em excesso, porque isso pode tirar a proteção natural da região, e essa retirada da proteção pode desencadear infecções”.

Outras dicas importantes para uma boa higiene íntima incluem:

  • Usar sabonete íntimo;
  • Usar calcinhas de algodão;
  • Não ficar por muito tempo com determinados tipos de roupa;
  • Não usar lenços umedecidos no dia a dia.

Consulte o seu médico

Antes de fazer qualquer tipo de higiene íntima da qual tenha dúvidas consulte o seu médico ginecologista e ele o indicará a melhor maneira de cuidar da sua higiene íntima.

Lembre-se que muitas pessoas podem comentar sobre métodos que resultaram para elas e que segundo essas pessoas são saudáveis, mas podem não ser, e essas pessoas podem não ter provas de que esses métodos são realmente saudáveis.

Por isso, consulte o seu médico e siga as instruções que ele dará para você.

Leia também:

error: Content is protected !!

Adblock Detectado

Por favor, desactive o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do nosso blog. Obrigado!