Saúde e bem estar

Tapioca é saudável para diabéticos?

Tapioca é saudável para diabéticos? Essa é uma das dúvidas comuns entre pacientes diabéticos. Afinal, além de ser bastante delicioso, esse alimento é um bom aliado para quem segue regimes ou dietas para perda de peso.

Nesse artigo ajudaremos você a entender se de fato a tapioca é um alimento saudável para quem é diabético.

Tapioca é saudável para diabéticos?

É preciso ter bastante atenção e ler completamente para que entenda melhor.

Como a tapioca é um carboidrato puro, não deve ser considerada boa para pacientes com diabetes ou pré-diabéticos. Pode, no entanto, ser consumido moderadamente sob prescrição médica.

A farinha de tapioca fornece uma parte do carboidrato em forma de amido resistente. Este tipo de amido que não é digerido, ou seja, não é quebrado em forma de glicose, para ser absorvido pelo sangue.

Entretanto, é preciso ficar atento a quantidade de ingestão da mesma, uma vez que ela possui carboidratos e dessa forma, pode aumentar os níveis de glicose no sangue em casos de alto consumo.

No entanto, a melhor opção é sempre consultar seu médico ou nutricionista antes de avançar para o consumo do alimento sem qualquer instrução.

Resumindo, a tapioca pode fazer parte do cardápio de pessoas com diabetes, mas é preciso que este faça o consumo de forma moderada e consulte seu nutricionista para melhores instruções.

Valores nutricionais da tapioca

  • Calorias – 544
  • Gordura total – 0g
  • Sódio – 1,5mg
  • Carboidrato – 135g
  • Cálcio – 30,40mg
  • Fibra dietética – 1,4g
  • Açúcar – 5,1g
  • Proteína – 0,3g
  • Ferro – 2,40mg
  • Potássio – 17 mg

Qual é o índice glicêmico da tapioca?

O índice glicêmico da farinha de tapioca é menor que o da batata branca e doce. Ambos são considerados piores para o diabetes. Seu valor de índice glicêmico cai na faixa intermediária. Mesmo tendo um IG intermediário, você deve consumi-lo com moderação.

Benefícios da tapioca

Como mencionamos anteriormente, a tapioca pode ser consumida por pessoas com diabetes (de forma moderada e com prescrição médica) ou por qualquer outra pessoa com boa condição de saúde.

Os principais benefícios do alimento incluem:

Artigos Relacionados
  • Reduz o risco de doenças cardíacas;
  • Pode Melhorar a Digestão;
  • Fonte de Ferro;
  • Ajuda no ganho de peso saudável;
  • Desenvolvimento e Proteção óssea;
  • Ajuda na saúde mental;
  • É um impulsionador de energia;
  • Ajuda na saúde durante a gravidez.

Leia também:

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!