LifestyleSaúde e bem estar

Esteróides anabolizantes e as suas consequências

Ter um corpo esbelto e em forma é o sonho de muitos, mas o meio para chegar a este fim varia consoante a urgência e o objetivo a que cada um se propõe. Uns optam pelo ginásio, outros pelos comprimidos e outros preferem os esteróides anabolizantes.

Cada opção tem as suas consequências, umas positivas e com resultados a longo prazo, como é o caso da prática de exercício físico regular em ginásios ou ao ar livre, outras negativas, como é o caso de quem opta pela ingestão de esteróides anabolizantes.

O que são esteróides anabolizantes?

Apesar dos esteróides terem a capacidade de tornarem o desporto muito mais fácil para os atletas, de melhorarem o seu desempenho, permitirem uma maior resistência à fadiga e ainda de fazerem crescer os músculos de forma rápida, a verdade é que estas substâncias, administradas sob a forma de pó, comprimidos ou injeções, têm um efeito devastador a longo prazo, podendo mesmo levar à morte.

Estes produtos promovem o crescimento dos músculos por estimulação, através da libertação de testosterona, principal hormona masculina. A sua ingestão prolongada pode afetar o funcionamento do corpo, fazendo com que órgãos vitais, como o fígado e o coração, sofram distúrbios irreparáveis.

Também o Comité Olímpico Internacional afasta todo e qualquer atleta que revele nas suas análises estar sob o efeito de esteróides anabolizantes, classificados como doping. Por esta conclusão podemos antever os efeitos colaterais que estas drogas têm sobre os atletas e qualquer outra pessoa.

Consequências gerais da ingestão de esteróides anabolizantes

Os efeitos colaterais dos esteróides são de diversa ordem e com consequências altamente perigosas para o ser humano. Passamos a descrever:

  • Aumento da pressão arterial;
  • Aumento dos níveis do mau colesterol (LDL) e consequente diminuição dos níveis de bom colesterol (HDL), ocorrendo assim uma maior probabilidade de vir a sofrer de uma doença cardiovascular ou doença da artéria coronária;
  • Ocorrência de acne, devido à estimulação de glândulas sebáceas;
  • Perda de cabelo precoce;
  • Mudanças de temperamento, irritação e agressão;
  • Dores de cabeça;
  • Impotência e Esterilidade;
  • Insónias.

Consequências para os homens:

  • Aumento da probabilidade de vir a sofrer de cancro na próstata;
  • Aumento das glândulas mamárias, devido aos elevados níveis de estrogénio;
  • Problemas de fertilidade;
  • Atrofia dos testículos;

Consequências para as mulheres:

  • Aumento dos pêlos corporais, podendo mesmo vir a crescer barba;
  • Alterações dos ciclos menstruais;
  • Probabilidade da voz tornar-se mais grave;
  • Aumento do tamanho do clítoris.

Notas finais:

Apesar dos esteróides poderem ajudar no rendimento desportivo e trazerem resultados mais rápidos, a verdade é que com as consequências e as alterações que acabamos de descrever, em ambos os sexos, vale a pena pensar até que ponto a aparência física é mais importante do que a saúde.

Quando sentir que ter músculos grandes e desenvolvidos é fundamental para ser aceite no seu grupo de amigos, pare, leia este artigo, e lembre-se que a forma mais eficaz de ter o corpo que sempre sonhou é com a prática regular de exercício físico no ginásio ou ao ar livre.

Pratique exercício físico em casa ou num ginásio ou até na rua. Faça uma alimentação cuidada e cuide de si e do seu corpo, de forma natural e sem recurso a produtos que prometem milagres, já que o fácil e rápido nem sempre é a melhor escolha!

Mostrar Mais

Leia Também

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor desative seu bloqueador de anúncios! Usamos anúncios para garantir a manutenção deste blog. Portanto, se você deseja continuar lendo nosso conteúdo de forma gratuita, desative o seu bloqueador de anúncios e atualize a página!