Saúde e bem estar

Diabéticos podem comer melancia e banana?

Diabéticos podem comer melancia e banana?

É muito comum diabéticos, seja aqueles que acabaram de ser diagnosticados ou aqueles diabéticos que já vivem com a doença por muito tempo, terem esse tipo de dúvida em relação ao tipo de alimento que devem ou não devem comer.

Se você tem dúvida se um diabético pode comer melancia e banana, não deixe de ler esse artigo porque vamos falar exatamente deste tópico.

Pode ou não pode comer? Entenda que todos nós precisamos de carboidrato, todos nós precisamos de glicose.

O corpo humano precisa de carboidratos e glicose para andar, para ver uma escada, para pular e até para pensar. Portanto, a resposta é depende do índice glicêmico.

Então a questão que se coloca é: o quanto você pode comer de melancia e banana?  Nesse caso, vamos usar o termo índice glicêmico.

O que é índice glicêmico e para que serve

Criado em 1981, o índice glicêmico é baseado em uma escala de 1 a 100 que mede a velocidade com que os carboidratos dos alimentos se transformam em açúcar na corrente sanguínea.

Quanto mais alto o valor mais rapidamente aquele alimento se transformará em glicose no sangue, gerando picos glicêmicos, o que não é bom para os diabéticos.

Para ser caracterizado como um alimento de índice glicêmico baixo, é necessário apresentar um valor menor ou igual a 55.

Agora que compreendemos o conceito de índice glicêmico, estamos em condições de olhar para cada uma das frutas separadamente.

Níveis de índice glicêmico da melancia e banana

Traduzindo o conceito de índice glicêmico referido acima temos os seguintes quadros:

Melancia: o índice glicêmico da melancia é de 72, que é considerado alto, no entanto, a carga glicêmica da melancia em uma pequena porção de uma xícara, por exemplo, é 2, considerado baixo, não elevando consideravelmente a glicemia pós-prandial em pessoas com diabetes sob controle.

Artigos Relacionados

Banana: a banana tem baixo índice glicêmico de 52, ou seja, não tem potencial para provocar aumento da glicose sanguínea, se consumido em quantidade adequada.

Portanto, a palavra chave para o consumo tanto da melancia como da banana por diabéticos é moderação.

Conclusão

Tanto a associação norte-americana como britânica todas são unânimes em dizer que os diabéticos podem sim fazer o consumo da melancia e banana.

Contudo, é importante não abusar na dose e distribuir o consumo destas frutas no máximo em 3 porções ao dia e não só da melancia e banana, mas sim diversificar ao longo do dia e não comer tudo em um único momento.

leia também:

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!