Saúde e bem estar

Como prevenir a desidratação no idoso

A desidratação é um problema de saúde que acontece quando o conteúdo de água no seu corpo é muito baixo. Esse problema é considerado perigoso e pode levar a várias complicações. Aprenda conosco alguns sintomas e como prevenir a desidratação no idoso.

Sintomas de desidratação em idosos

Os sintomas mais comuns de desidratação leve são:

  • Dor de cabeça;
  • Náusea;
  • Alterações na urina (pouca urina e urina escura).

Outros sintomas de desidratação incluem:

  • Prisão de ventre;
  • Vertigem;
  • Fadiga;
  • Boca seca;
  • Irritabilidade;
  • Cãibras musculares;

Os sintomas de desidratação grave incluem:

  • Convulsões;
  • Desmaios;
  • Pressão sanguínea baixa;
  • Sensação de desordem;
  • Dificuldade em caminhar;
  • Aumento da taxa de respiração;
  • Aumento da freqüência cardíaca;
  • Mudanças na pele, por exemplo, diminuição da transpiração, olhos fundos e pele enrugada (pele que não volta ao normal facilmente quando mordida).

A desidratação em idosos pode ser perigosa, porque alguns dos sintomas dessa condição se sobrepõem a outras doenças e a causa principal pode ser diagnosticada incorretamente. Por exemplo, a boca seca pode ser confundida com um efeito colateral de medicamentos diários.

Isso pode levar a um atraso – às vezes fatal – no diagnóstico de desidratação em idosos.

Dicas para prevenir a desidratação em idosos

Como prevenir a desidratação no idoso

Se você é uma pessoa idosa, as dicas a seguir podem ajudá-lo a se manter bem hidratado e prevenir a desidratação:

  • Se for difícil para você beber muito líquido de uma vez, tome pequenos goles;
  • Beba mais líquido do que o normal se você tiver sintomas como febre, vômito ou diarreia;
  • Se você sofre de doenças subjacentes, converse com seu médico sobre as necessidades específicas de fluidos e hidratação;
  • Se você não consegue beber (apenas) água, adicione suco de limão ou uma rodela de limão para dar sabor;
  • Beba mais água se planejar passar muito tempo ao ar livre, em condições de calor ou umidade, ou se fizer exercícios;
  • Tente beber água ao longo do dia. Outras bebidas que podem ajudar a hidratar incluem leite, sucos aromatizados e sucos de frutas com baixo teor de açúcar;
  • Beba menos café e chá, pois podem ter efeitos diuréticos;
  • Tente incluir alimentos que contenham mais água em sua dieta. Alguns exemplos incluem melancia, pepino, morango e caldo ou sopa com baixo teor de sódio;

Se você está cuidando de uma pessoa idosa, pode fazer o seguinte para ajudá-lo a prevenir a desidratação:

  • Lembre-o de beber água ao longo do dia, especialmente durante as refeições e após o exercício;
  • Se ele está preocupado em não conseguir chegar ao banheiro a tempo depois de beber líquidos, faça planos para que o seu idoso tenha acesso mais fácil ao banheiro.

Conclusão

Os idosos são mais propensos à desidratação. Existem muitas razões para isso, incluindo diminuição dos níveis de fluidos no corpo, diminuição da resposta à sede e medicamentos ou doenças subjacentes.

Reconhecer os sintomas de desidratação é muito importante para que você possa repor os fluidos perdidos. Fique atento aos principais sintomas como boca seca, fadiga, urina escura e tontura. Siga as dicas acima para prevenir a desidratação.

Leia também:

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!