Como abrir um centro de formação profissional em Angola

Você já pensou em abrir um centro de formação profissional em Angola?

Sabe o que é preciso para tornar esse pensamento em algo presente no mundo real?

Se não, então é exactamente desse artigo que você precisa, pois ao longo deste artigo você verá aspectos importantes a ter em conta na hora de abrir um centro de formação profissional em Angola.

Confira:

Como abrir um centro de formação profissional em Angola passo a passo

Como abrir um centro de formação profissional em Angola passo a passo

Aproveitando o interesse de muitos jovens e não só, que estão cada vez mais interessados em frequentar um curso profissional afim de adquirirem conhecimento para então se inserirem no mercado de trabalho, abrir um centro de formação profissional pode ser a uma escolha rentável.

No tempo em que estamos, onde está cada vez mais que difícil encontrar um emprego, saber fazer alguma coisa tem sido a preocupação de muitos que buscam por uma vida financeira melhor, enquanto outros buscam somente conhecimento.

Por isso, os centros de formação profissional em Angola têm ganhado muita apreciação.

Abaixo estão os passos e dicas que você deve seguir para abrir um centro de formação profissional em Angola:

1. Conheça o negócio

Você já entende sobre como é ter um centro de formação profissional em Angola?

Se não, faça uma pequena pesquisa ou busque opinião de quem está neste mercado e entende do negócio. Não adianta apenas saber que é lucrativo, é preciso entender os desafios e saber mais sobre como tudo funciona em Angola.

É claro que as dicas deste artigo poderão ser bastante úteis, mas ouvir diretamente a opinião de quem já possui um centro e enfrenta os desafios desse negócio, faz toda a diferença.

2. Identifique o seu público

Saber identificar o público alvo é fundamental e é aqui onde isso entra em ação. Você deve perceber que melhor do que oferecer um produto ou serviço é saber para quem você está oferecendo. E aqui obviamente não é diferente.

Ao identificar o seu público alvo você deve ter em conta itens como:

  • Idade
  • Condição financeira (lucro mensal)
  • Formação etc.

3. Estude o local

O estudo do local por onde deseja instalar o seu centro é importante para garantir que o seu centro não se situe em uma zona precária, de difícil acesso ou onde as pessoas que lá residem não têm condições para se inscreverem em seu centro e adquirirem uma formação profissional.

É óbvio que você poderá atrair alunos (clientes) de outras partes, mas começar olhando pelos que estão à sua volta é o mais certo a se fazer.

Procure instalar o seu centro em uma zona que lhe garantirá maior visibilidade e fácil acesso, sem se esquecer de analisar as condições das pessoas a volta.

4. Infraestrutura

É claro que você não precisa de um centro totalmente luxuoso logo no começo, mas, apostar em uma infraestrutura com pelo menos condições ambientais adequadas como: iluminação, arejamento das instalações etc., é fundamental.

É importante também velar pelas condições de higiene e segurança como: limpeza das instalações e posse de equipamento de extinção de incêndios.

Quando for abrir o seu centro, invista no que for preciso para garantir condições aos clientes (alunos), e assim, conseguir que mais alunos venham por intermédio dos que forem formados.

5. Legalização

O ponto mais importante para abrir um centro de formação profissional em Angola é a legalização, afinal, você não pode abrir um centro e começar suas actividades sem antes o centro estar legalizado.

Entretanto, para legalizar o seu centro você precisará de alguns documentos, veja abaixo o que é preciso:

a) Documentos necessários para abrir um centro de formação profissional:

  • Requerimento
  • Título legal de aquisição ou usufruto das instalações;
  • Planta ou simples desenho à escala de 1:100, sua respectiva memória descritiva e croquis de localização
  • Cópia do Estatuto Orgânico (*)
  • Cópia do Regulamento Interno (*)
  • Cópia do cartão de contribuinte fiscal
  • Relação dos equipamentos e materiais didácticos em conformidade com os cursos a ministrar
  • Plano (s) curricular (es) do (s) curso (s) a ministrar de acordo com a matriz em anexo
  • Guia de deposito do emolumento

Obs.: Deve-se elaborar o estatuto orgânico e o regulamento interno em nome do centro de         formação e não da empresa, se existir.

b) Documentos do Director do Centro de Formação Profissional

  • Cópia do Bilhete de identidade
  • Cópia do certificado de habilitações literárias
  • Registo criminal
  • Atestado médico

c) Documentos dos Formadores e Coordenador Pedagógico

  • Cópia do Bilhete de identidade
  • Cópia do certificado de habilitações literárias e profissionais
  • Cópia do certificado do curso de formação pedagógica
  • Registo criminal
  • Atestado médico

Obs.: Em caso de qualquer dúvida sobre a documentação necessária para abrir um centro de formação profissional em Angola consulte o INEFOP para melhor esclarecimento.

6. Aposte no marketing

Não existe nenhuma outra forma de propagar um negócio se não pelo marketing, e hoje você tem várias formas de fazer marketing e um monte de ferramentas a seu favor, e caso tenha dificuldades pode ainda contratar uma empresa de Marketing para cuidar disso por você.

O marketing além de apenas garantir que seu centro se torne conhecido por várias pessoas, também trará consigo clientes, e é disso que se espera em qualquer negócio.

Leia também: 9 Formas de divulgar um negócio na internet em Angola

Conclusão

Você acabou de ver um passo a passo de como abrir um centro de formação profissional em Angola, então, obviamente deve ter em mente o que precisa para que o seu sonho de abrir um centro de formação se torne realidade.

E qual é o próximo passo agora?

Preparar tudo, desde infraestrutura até os documentos para credenciar o centro e começar. Desejo-lhe sucesso em tudo, e que o seu centro venha a beneficiar todos nós.

Grande abraço!!

Compartilhe o artigo
error: Conteúdo protegido !!