Comportamento

Ver televisão no escuro faz mal? O que dizem os especialistas?

Assistir televisão no escuro é um hábito comum e parece normal para muitas pessoas, mas, você já se perguntou se isso faz ou pode fazer algum mal a saúde dos olhos? Você talvez já ouviu alguém dizendo que isso pode prejudicar a visão, mas ao longo desse artigo você saberá mais sobre isso e tirará todas as suas dúvidas a respeito desse assunto.

Além disso, verá  mais abaixo a recomendação de especialistas a respeito da prática de ver televisão no escuro.

Ver televisão no escuro faz mal?

Ver televisão no escuro faz mal?
Ver televisão no escuro faz mal?

Apesar que muitos recorrem a essa prática alegando ser uma forma mais divertida e confortável de ver TV, isso, no entanto, pode causar desconforto depois de um tempo. “Acontece que quando estamos em um ambiente com baixa iluminação nossos olhos precisam reajustar algumas estruturas para que o foco e a definição sejam adequados à situação, e, com o tempo, isso pode causar desconforto na região ocular, como dores de cabeça ou lacrimejo intenso”.

O que também é importante considerar é o excesso de luz vindo da tela da televisão.

Esse excesso de luz exige que o olho se adeqúe à iluminação para um bom foco e definição de imagem. Entretanto, por mais desconfortáveis que sejam, estes reajustes e suas consequências são, em sua maioria, naturais e incapazes de prejudicar de fato a qualidade da visão.

O que se concluiu de alguns estudos realizados é que não há comprovação de que o cansaço causado pela prática tem relação com o desenvolvimento de doenças oculares, e os sintomas geralmente se dissipam quando a iluminação adequada é reestabelecida.

Além disso, mesmo com pouca luz o olho permite que a pupila se dilate para que possamos enxergar melhor, e, uma vez que esta funciona como um músculo, é comum que a dilatação cause um pouco de desconforto.

O que os especialistas recomendam?

A recomendação de especialistas é que a prática seja evitada. O ideal é que o ambiente esteja iluminado por fontes de luz mais suaves, o que minimiza o contraste e previne os “efeitos colaterais”, como as dores de cabeça e a chamada “vista cansada”.

Além disso, especialistas também recomendam programar intervalos periódicos para descansar os olhos e manter uma distância mínima de 50 cm da tela do aparelho, garantindo assim mais conforto e bem-estar.

Caso o desconforto se torne intenso ou outros sintomas apareçam, o melhor a ser feito é procurar um médico oftalmologista e enquanto isso, evitar a prática de ver televisão no escuro ou muito próximo dos olhos.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!