Vale a pena imigrar de Angola para Portugal? Porquê? Saiba algumas razões

Comece depois da publicidade

Deseja imigrar de Angola para Portugal? Leia este artigo até o final.

São várias as razões que levam uma pessoa a imigrar para um outro país. Alguns é pela simples vontade de morar em outro país, outros porque procuram por uma formação de qualidade e uma boa qualidade de vida, mesmo tendo uma vida considerada estável em seu país.

Mas, em Angola, algumas razões que levam muitos angolanos a imigrar para outros países chegam a ser tristes.

Com a actual situação económica em que Angola se encontra e os grandes problemas que aterrorizam a população, como o desemprego, a fome, falta de saneamento e segurança e tantos outros, imigrar tem sido a melhor opção para muitos.

No entanto, dentre os principais destinos dos Angolanos está Portugal, aquele pequeno país da Europa que em termos de qualidade de vida chega a ser muito melhor que Angola.

Mas, para quem deseja imigrar de Angola para Portugal, não basta apenas ter vontade, é preciso, obviamente, conhecer um pouco mais sobre este país para saber se vai valer a pena ou não morar lá.

Como é viver em Portugal?

Vida em Portugal

Portugal é um país pequeno, calmo e com algumas semelhanças de Angola, além da língua oficial, já que foi o país colonizador. Mas, se falarmos em termos de qualidade de vida e outros factores importantes, aí notaremos uma grande disparidade.

A vida em Portugal chega a ser melhor. Razão pela qual aumenta-se o número de angolanos que pretendem morar na terra de Camões.

Salário em Portugal

O salário mínimo de Portugal em 2021 é de 665€, enquanto o salário médio ronda em torno de 1.266€. Com o salário mínimo é possível viver tranquilamente no país, porém, para um casal, pode ser necessário um salário mais alto em algumas cidades, mas é possível se virar com o salário mínimo em cidades menores.

Custa de vida em Portugal

Custo de vida em Portugal

Se você pensa em sair de Angola para viver em Portugal, deve pensar primeiro em conhecer o custo de vida deste país.

Diferente de outros países da Europa, Portugal tem um custo de vida relativamente mais baixo, aliás, é o mais baixo da Europa ocidental.

Entretanto, para saber o quanto você precisa para se manter em Portugal você deve primeiro saber em que cidade deseja morar e se você vai morar sozinho ou com mais alguém. Tudo isto porque o custo de vida em Portugal varia para cada cidade, no entanto, algumas cidades chegam a ter um custo de vida mais elevado, enquanto outras, mais baixo.

Abaixo o preço de algumas necessidades em Portugal:

Aluguel

Pensar primeiro em onde você deseja morar é fundamental para saber quanto de aluguel terá que desembolsar mensalmente. Como mencionado acima, o custo de vida em Portugal varia para cada cidade.

Por exemplo, em Lisboa, um apartamento T1 no centro custa algo em torno de 815€, fora do centro custa 645€, enquanto que um apartamento T3 no centro custa cerca de 1.567€, e 1.043€ fora do centro.

Como os custos dependem da cidade, no porto os preços para o aluguel chegam a ser mais baixos. No entanto, um apartamento T1 no centro custa 689€ e 512€ fora do centro. Para T3, os preços no centro e fora são 1.226€ (dentro) e 869€ (fora).

Já em Braga, um apartamento T1 custa em torno de 536€ (no centro) e 390€ (fora do centro). Um T3 custa 834€ (no centro) e 613€ (fora do centro).

Água

O custo para água em Portugal não pode ser dado assim de cara, pois depende de muitos factores, como a cidade, a época do ano e a quantidade de água que se usa para, por exemplo, lavar a roupa. Porém, o valor médio é de 15€, e apesar de ser variável, normalmente não passa dos 30€.

Alimentação

Alimentação em Portugal

Os gastos para a alimentação em Portugal são equilibrados. Para um casal, 250€ em compras no supermercado para a alimentação chega a ser suficiente para um mês. Isto porque os produtos não são caros. Por exemplo, 1Kg de arroz custa em média 0,90€, um litro de leite custa 0,63€, 1kg de Cebola 1,11€, 1kg de Banana 1,11€, 1 kg de Tomate 1,40€ e 1kg de Batata 0,89€. Estes são apenas alguns preços de produtos alimentares em Portugal.

Telefone, internet e TV

Tal como em Angola, existem diferentes empresas de telecomunicações em Portugal, e é claro que, através disso, o preço dos pacotes é diferente. Porém, em Portugal, o pacote básico destes serviços custa 30€.

Transporte público

Em termos de transportes públicos Portugal está muito bem. Nas cidades médias o valor para o transporte varia de 15€ a 30€, enquanto que, o passe completo em Lisboa e no porto custa 40€, permitindo-lhe circular por toda zona metropolitana.

Por outra, existe ainda o passe municipal que custa 30€. O melhor é que, em todas as cidades são concedidos descontos a famílias de baixa renda, idosos estudantes… no âmbito do que é chamado tarifa social.

Saúde pública

Diferentes de outros países ou cidades da Europa em que a saúde pública é gratuita, em Portugal a saúde pública é paga e custa o preço simbólico de 4,50€ para uma consulta com o médico de família, enquanto que, para casos que lhe obrigarão a ir até ao hospital o valor fica em torno de 14€ a 18€.

Luz e gás

Em Portugal normalmente as empresas de energia também fornecem gás, no entanto, é possível contratar os dois serviços em uma única empresa, e o valor médio é de 80€.

Além de tudo mencionado acima existe também os custos com o lazer, já que é normal que qualquer uma pessoa sinta a necessidade de sair para jantar fora, assistir um show ou até mesmo curtir em um bar. No entanto, para o lazer 200€ pode ser suficiente.

Trabalho em Portugal

Encontrar trabalho em Portugal não é tão fácil, e isso se tornou ainda mais difícil nos tempos actuais, com a crise causada pela pandemia. No entanto, como difícil não é impossível, existe alguma chance de encontrar emprego em alguns sectores onde há escassez de profissionais, enquanto outros encontram-se em fase difícil.

Em áreas como TI, por exemplo, há sempre vagas de emprego. Mas, se você precisa mesmo trabalhar em Portugal, deve saber que precisa, antes de tudo, estar no país legalmente.

Conclusão sobre imigrar de Angola para Portugal

Agora, o que você acha? Ainda pensa em imigrar de Angola para Portugal depois que leu este artigo?

Bem, se este é realmente o seu desejo, prepara-se muito bem e não saia de Angola para Portugal sem ao menos ter o mínimo para se manter lá. O desejo de imigrar de Angola pra Portugal não pode te deixar ao ponto de ir para lá sem um plano.

Uma dica é: se você não tem tanto dinheiro para se sustentar no país, encontre outras pessoas com o mesmo sonho que você e vão juntos, tornem-se parceiros e vão dividindo as despesas. É fácil encontrar pessoas com o sonho de imigrar em grupos de redes sociais.

Boa sorte!

Compartilhe o artigo
error: Conteúdo protegido !!