Viagens

Conheça kulumbimbi, seus factos e curiosidades misteriosas

Muito se pode dizer sobre Kulumbimbi, o importante monumento histórico localizado na província do Zaire em Angola. Um importante lugar para a população de Mbanza Congo, para a religião na África Subsariana e para o governo Angolano.

Contruído há mais de 500 anos, o monumento acarreta consigo longos anos de história. As suas ruínas foram consideradas e classificadas património histórico-cultural a 30 de outubro 1957.

O local é sagrado e recebe o título da primeira igreja construída na África subsariana.

O Kulumbimbi é verdadeiramente uma riqueza histórica para o povo do zaire, propriamente do município de Mbanza kongo. Junto ao local encontra-se o antigo cemitério dos Reis do Congo e a mais alguns metros encontra-se o museu dos reis do Kongo.

As ruínas de Kulumbimbi, para além de património histórico-cultural, fazem parte do centro histórico da cidade de Mbanza Kongo, que foi declarado em 2017 um património mundial pela comissão de património Mundial da humanidade da Unesco.

Mas afinal, o que significa Kulumbimbi?

Não existe um único significado para o termo Kulumbimbi. Para alguns, o termo Kulumbimbi é um derivado de:

  • Kûlu – expulsar, triturar…
  • Mbimbi – juntar…

Por outro lado, há ainda quem afirma que o termo Kulumbimbi é derivado de:

  • Nkulu – pessoa de longa idade, mais velho, antigo, antepassado.
  • Mbimbi – Tronco de palmeira, pessoa morta, cadáver.

5 Curiosidades e factos sobre Kulumbimbi

A história de Kulumbimbi é repleta de curiosidades e factos bastante interessantes e alguns um pouco misteriosos. Mais abaixo você verá algumas curiosidades e factos sobre Kulumbimbi que talvez você nunca tinha ouvido falar antes. Confira:

1. Primeira igreja de Angola e da África subsariana

Isso mesmo. Kulumbimbi é literalmente a primeira igreja construída em Angola e na África subsariana.

A igreja foi erguida em 1491. É realmente incrível como o templo se mantém firme até aos dias de hoje, depois de mais de 5 séculos desde a sua construção.

Na verdade, o templo é bastante apreciado tendo em conta a sua importância. Quanto a sua estrutura, é importante que se preserve de modo a que se mantenha da mesma forma como construído.

Porém, o monumento já apresentou sinais de desabamento, como fissuras na parede, o que mereceu a preocupação do governo local, tanto que, uma manutenção foi necessária para que se evite o seu desabamento total e se preserve a sua estrutura arquitetónica.

2. Construída da noite para o dia

Kulumbimbi é uma estrutura muito antiga. Sobre sua construção, ouve-se especulações de que este antigo lugar de culto fora construído por espíritos durante a noite e que a população se deparou com o templo logo na manhã seguinte.

Porém, existe também uma versão contada por vários historiadores que dá conta de que Kulumbimbi foi construído por Padres jesuítas durante os meses de maio e julho de 1491 (nove anos depois da chegada de Diogo Cão ao reino do Kongo).

Mas o templo foi mesmo contruído da noite para o dia?

Uma palavra de simples 3 letras forma a resposta para esta pergunta: SIM.

Realmente o tempo foi construído da noite para o dia segundo os mais velhos daquela região, e até ao momento, não se ouve versões contrárias a esta.

Durante o tempo na noite em que Kulumbimbi era edificada, o povo não via absolutamente nada, ou seja, nenhuma obra era vista pelo povo daquela região central de Mbanza Kongo, pois o lugar estava vendado aos olhos dos mortais.

Após terminada a obra, o Rei disse que o povo já podia passar por aquele lugar e a partir daquele momento podia-se ver o impressionante templo de kulumbimbi já em pé, este acontecimento deu origem a lenda que diz que “Kulumbimbi foi construído da noite para o dia”.

Você acredita nisso? Eu com certeza não duvidaria, até porque não é um tempo assim tão grande que levaria anos para ser construído…

3. Como foi feita a construção?

Há muito tempo atrás as construções de edifícios eram feitas de uma forma muito diferente da actualidade. No entanto, Kulumbimbi, por ser um templo tão antigo, não se admira que este tenha sido construído de pedra e cal (diz uma lenda contada pelo povo de Mbanza Congo) afinal, estamos falando de uma estrutura erguida há mais de 500 anos atrás.

4. Visita de Papa João Paulo II ao Kulumbimbi

O tempo é realmente de grande importância e por isso mereceu em 1992 a visita de um Líder da igreja católica nomeadamente Papa João Paulo II, quando este se deslocou para Angola, lembrando que, há quem diz que kulumbimbi era um templo católico.

Conclusão

Kulumbimbi é um monumento com uma estrutura rara, isso porque é uma construção do passado preservado até aos dias de hoje. Por ser um templo que acarreta consigo história ligada a religião na província de Mbanza Congo assim como em Angola e na África subsariana, é importante que sua estrutura seja sempre preservada a fim de que acompanhe a sua história.

Sobre este templo, há realmente muito a se dizer, e uma história real sobre kulumbimbi é contada pelos mais velhos da região de Mbanza Congo e pelos sobas. Você é convidado a dar um passeio na província do Zaire e conhecer de perto este importante monumento.

 

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!