Curiosidades

Como os dinossauros foram extintos

Acerca de 100 milhões de anos os dinossauros constituíam a forma de vida dominante na terra. Eles foram os maiores animais no planeta e segundo cientistas estima-se que o último dinossauro tenha morrido por volta de 65 à 70 milhões de anos atrás.

As razões da sua extinção é ainda um mistério cientifico, mas existem muitas teorias que procuram explicar a razão da extinção dos dinossauros mas nenhuma delas foi provada. Vamos ver algumas destas teorias.

Nos meados do século XVIII um grupo de cientistas começaram a investigar alguns ossos que já eram encontrados por séculos, mas, as pessoas não davam muito valor a eles.

Estes eram ossos petrificados de animais que pareciam não existir mais, sendo alguns pequenos e outros maiores que não eram elefantes e nem rinocerontes, portanto, animais que já não existiam na face da terra.

No final do século XVIII com o surgimento da geologia moderna esses fósseis começaram a ganhar a atenção dos geólogos, biólogos e tantos outros que procuravam entender a história física da terra. Por volta de 1842 o investigador inglês Richard Owen decidiu chamar esses fósseis de animais extintos de dinossauros que é a junção de duas palavras gregas Deinos e sauros, onde deinios significa algo assustador, aterrorizador e sauros lagarto. Neste sentido, dinossauro significa lagarto aterrorizador.

Como os dinossauros foram extintos: A teoria dos asteróides e outras teorias 

Como os dinossauros foram extintos
Como os dinossauros foram extintos

Esta é uma teoria recente que sugere que os dinossauros foram extintos depois que um grande meteoro atingiu a terra. 

Junto do Golfo do México um grande meteoro deve ter caído com muitos escombros e poeira e que bloqueou a luz do sol por um longo período de tempo.

Devido a este acontecimento, um conjunto de eventos mortais começou como consequência da falta de luz solar, todas as plantas começaram a morrer e sem as plantas tudo aquilo que se alimentava de plantas, no caso os herbívoros também começaram a morrer e sem estes herbívoros todos os carnívoros também morreram.

Outro elemento que contribui para a extinção dos dinossauros e outras criaturas sobre a face da terra foram os terramotos que surgiram como grande impacto dos asteróides na terra, enviando ondas sísmicas causando erupções super vulcânicas.

Outras pesquisas sugerem que uma grande lava da região este da Índia pode ter lançado grandes níveis de substâncias venenosas de dióxido de carbono e enxofre, o que fez com que os dinossauros fossem acometidos por várias doenças  e consequentemente extintos.

Os paleontólogos realmente confirmam este facto e dizem que os dinossauros contraíram inúmeras doenças tais como parasitas, febre, algumas reações alérgicas, infecções ósseas…

Outros ainda dizem que dinossauros e mamíferos evoluídos durante um mesmo período de tempo destruíram ou comeram os ovos dos dinossauros,  fazendo com que eles fossem extintos.

Por outra, muitos paleontologistas acreditam que deva ter existido uma era do gelo e que tenha feito com que as águas congelassem, impossibilitando deste modo que os dinossauros sobrevivessem. Mas, cientistas refutam a ideia de que tenha existido uma era do gelo na época em que dinossauros habitavam a terra.

A grande maioria de paleontologistas acredita também que pássaros e crocodilos são os únicos dinossauros sobreviventes e que eles não foram extintos porque seus descendentes ainda vivem, mas, não existem evidências sólidas de que isso na realidade tenha ocorrido.

Conclusão

Como acabamos de observar, não existe consenso no meio científico quanto as razões que levaram a extinção dos dinossauros sobre a face da terra, porém, existe algo que cada um de nós é chamado hoje a fazer para prevenir que outras espécies sejam extintas. Devemos salvar a vida selvagem, seu habitat, garantindo que estas comunidades de animais e plantas sejam protegidas.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!