Negócios

Veja como funciona a venda de ouro

Vender ouro pode ser uma forma de ganhar dinheiro rápido e se desfazer daquilo que (talvez) você nem use mais. O melhor de tudo é que, nessa atividade, até mesmo aquelas peças que já estão danificadas e você já não sabe mais o que fazer com elas, podem facilmente se converter em dinheiro de uma hora à outra, ou até mesmo em poucos minutos.

A venda de ouro é uma atividade que se tornou bastante popular. Hoje em dia conseguimos notar a presença de compradores de ouro em pontos da cidade com boa movimentação de pessoa ou pelo menos vimos aquelas publicidades televisivas de empresas querendo comprar ouros em boas ou más condições.

Porém, embora pareça simples vender ouro (e é), existem ainda várias pessoas com dúvidas de como tudo funciona, de quanto cobrar e até mesmo de que artigos de ouro podem vender em cada uma das condições acima mencionadas.

É para essas pessoas que escrevemos esse artigo. Ao longo do conteúdo você verá detalhes de como funciona a venda de ouro e terá noção de várias outras questões relacionadas a esta atividade.

Como funciona a venda de ouro

Como funciona a venda de ouro
Como funciona a venda de ouro

Vender ouro não é nenhuma dor de cabeça. Basicamente, você, como vendedor, precisará de apenas apresentar o artigo em ouro que deseja vender ao comprador que pode ser uma pessoa ou uma empresa (uma ourivesaria, por exemplo) e junto de um profissional avaliar o produto para saber quanto pode valer em dinheiro naquele momento.

No nosso mercado, a maioria das empresas que compram ouro definem o quanto querem pagar por algum artigo de ouro analisando alguns critérios que veremos mais abaixo. Mas nada impede de você definir um preço fixo para o produto e vender para quem tiver interesse em pagar por aquele preço.

A venda de ouro é uma forma de você trocar aquele seu artigo de ouro que está danificado e já não serve mais para você por algo que com certeza valerá para você: uma quantia em dinheiro.

Resumindo, é como se você estivesse vendendo qualquer outro produto, só que aqui você precisará ser mais esperto e conhecer pelo menos o valor do produto no mercado para ter uma ideia de quanto pode valer tendo em conta o estado em que se encontra.

Que tipo de artigo em ouro eu posso vender

Os compradores de ouro, como as ourivesarias, por exemplo, geralmente compram qualquer artigo, desde que este tenha como material de fabrico o ouro. No entanto, você pode vender artigos como:

  • Colares
  • Brincos
  • Mascotes
  • Relógios
  • Anéis entre outros

Praticamente o que mais interessa para o comprador é que a peça seja fabricada a base de ouro. Não importa de que peça se trata.

Contudo, podem surgir compradores que vão ser específico e dizer que desejam comprar só anéis, ou brincos, mas, a maioria estará interessada em tudo quanto é ouro.

Quando cobrar pelo ouro

Não existe um preço tido como padrão para comercializar artigos em ouro, por mais que esteja com algum defeito. Como mencionamos acima, é preciso ter noção de quanto custa o artigo (ainda novo) no mercado (em algumas ourivesarias) para pelo menos saber o que poderá ser considerado barato demais e o que poderá ser tão caro.

Para saber quanto cobrar pelo seu ouro você precisará consultar um profissional que analisará o produto com base em critérios como: a antiguidade, o peso da peça, o estado de conservação e a pureza do ouro.

Depois disso, e com maior certeza, o profissional dirá quanto vale a peça. Mas é importante consultar um profissional já conhecido pelo seu bom trabalho e honestidade, pois pode acontecer que o mesmo tente enganar você sugerindo um valor muito abaixo do que seria o valor real da peça, sobretudo se também estiver interessado pelo produto.

É claro que para quem precisa despachar o produto porque precisa de dinheiro urgente, o valor sugerido, caso seja o suficiente para suprir suas necessidades, pode ser visto como aceitável. Mas é sempre bom receber uma recompensa justa pelo produto que comercializa.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!